top of page

Governo Lula e a utilização do “todes”

Por Wagner Túlio, estudante do Curso Técnico Integrado em Agroecologia (IFRN).

Nos últimos dias, o governo do atual presidente, eleito democraticamente, passou a adotar a utilização da linguagem neutra em cerimônias oficiais. Desde então, a atitude vem sendo alvo de críticas, visto que isso vem contra os princípios da norma culta padrão. Em nota emitida pelo linguista Evanildo Bechara, membro da comissão da Academia Brasileira de Letras, torna-se perceptível que na visão dele essa atitude é visualizada como algo rejeitável, levando em conta que não é possível alterar as regras de gênero, assim como não se muda as regras de formação de plural e de conjugação de verbos. De modo paralelo, o Chefe de Estado, afirma que irá governar para todos, logo, na convicção dele, não se pode excluir uma parcela da população que não se sente representada pela utilização de algo que não se identifica, que nesse caso, seria o “todos e todas”.

Estamos observando…

159 visualizações